N E W S

18/03/2018

Definitivamente, o tema Saúde está na agenda dos executivos. O investimento corporativo em saúde, antes visto como custo administrativo, passou a ser percebido como valor agregado. O colaborador passou a ser enxergado como um ativo. E um funcionário saudável, vale mais. 

01/03/2018

Conhecer a perda da produtividade devido à má saúde dos empregados e demonstrá-la pelo ponto de vista financeiro é um dos grandes desafios dos gestores de saúde, pelo fato de que os componentes relacionados à perda da produtividade são divididos em econômicos e não econômicos e ainda muito pouco conhecidos. 

A linguagem financeira relacionada à má saúde ainda é precária e ser capaz de traduzi-la e aplicá-la na análise dos resultados e na consequente tomada de decisão exige alinhamento com os princípios econômicos e com os fatores de risco de saúde existentes.

Esse tópico será mais detalhado durante a certificação internacional em saúde realizada pelo CPH em parceria com o Global Centre for Healthy Workplace no Hospital Sirio Libanês nos dias 09 e 10 de Abril.

Mais detalhes em https://www.cph.com.br/certificacao-internacional

26/02/2018

Projeto organizado com dedicação pelo amigo René Mendes, o dicionário temático da área de Saude e Segurança do Trabalhador traz conceitos, definições, história e cultura.

Foi um prazer fazer parte deste projeto inédito, que tem mais  de 1200 tópicos apresentados como verbetes e envolveu 511 autores do Brasil e de mais 15 países.

Parabéns, René! Nos vemos no dia 20 de março na Biblioteca Municipal Mario de Andrade.

20/02/2018

Um tópico interessante e atual.

O modelo que define o conceito de gestão de saúde e produtividade tem sido item cada vez mais importante e estratégico no planejamento dos gestores corporativos de saúde.

Como construir uma estrutura adequada dentro das organizações que seja receptiva a esse conceito passa pelo entendimento do impacto sobre os custos assistenciais da população corporativa elegível.

Identificar os fatores  que determinam esse cenário  e estar familiarizado com o processo, afim de poder implementar um modelo de gestão efetivo, deve fazer parte das habilidades dos gestores .

Entender as principais etapas desse processo e as modificações necessárias no cenário interno é essencial.

O conteúdo da Certificação Internacional que tem início em 09 de Abril no Hospital Sirio Libanês, com a presença de professores do Global Centre for Healthy Workplace, contribuirá para informações atualizadas e consistentes desse processo.

Mais detalhes em https://www.cph.com.br/...

03/02/2018

Matéria da revista The Economist

Idéias revolucionárias são as que conduzem a grandes crescimentos e uma grande reorganização no mercado da saúde poderá fazer com que as inovações fiquem mais próximas da realidade.

Esta semana, três dos maiores nomes do negócio americano - Amazon, Berkshire Hathaway e JPMorgan Chase - anunciaram uma iniciativa conjunta para uma melhor e mais barata assistência à saúde de seus funcionários. 

https://www.economist.com/news/leaders/21736138-welcome-doctor-you-revolution-health-care-coming

30/01/2018

“PLANOS DE SAÚDE NÃO ATENDEM AS NECESSIDADES DA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DO BEM-ESTAR DOS USUÁRIOS”

Por um lado as empresas compram assistência médica a seus empregados cujas apólices tem crescido bem acima da inflação. Por outro, o crescimento de doenças crônicas e estilos de vida prejudiciais à saúde está afetando diretamente os resultados das empresas. Naturalmente, os empregadores estão sentindo essa pressão e correndo para encontrar planos de saúde que ofereçam novas estratégias, mais promissoras.

Uma área de expertise central nessa nova exigência dos empregadores reside na promoção da saúde e do bem-estar. Programas de bem-estar têm um potencial enorme para reduzir custos médicos, como evidenciado por inúmeros estudos de custo-benefício nos últimos 20 anos. Um sinal encorajador é que programas de bem-estar têm sido incorporados a outros serviços relacionados à saúde visando criar benefícios de saúde baseados em valores. Um intento cada vez mais comum reside em basear benefícios saúde e...

29/01/2018

Apesar da busca permanente pelo aumento da produtividade, nossa capacidade funcional tem se deteriorado. Máximo desempenho com mínimo desgaste não está incorporado na estratégia da maioria das organizações, apesar de sabermos que a qualidade profissional é essencial e que a correta abordagem à saúde contribui substancialmente para o sucesso do negócio.

Joe Leutzinger PhD, ex-presidente da Academy for Health and Productivity e CEO da Health Improvement Solutions,  mostra que os custos crescentes da assistência médica representam uma grande ameaça à competitividade no ambiente de negócios global e que a produtividade de uma organização está fortemente relacionada à saúde de seus empregados. Afirma que o principal desafio é identificar e medir o efeito da má saúde nos resultados da empresa, afim de que os custos possam ser desacelerados e não mais repassados aos empregados.

Essa situação tem persistido nas ultimas décadas sem tocar no ponto principal “investimento inadequado na atenção prim...

27/01/2018

Joseph A. Leutzinger, Ph.D.

CEO da Health Improvement Solutions

  • President of the Academy for Health and Productivity Management

  • Fundador do IHPM – Institute of Health and Productivity Management

  • Membro do conselho do C. Everett Koop Health Project Awards

  • Ex-diretor de Promoção de Saúde da Union Pacific Railroad

Wolf Kirsten, Master of Science, Health Promotion Management​

Fundador e CEO da International Health Consulting

  • Co-fundador e Diretor do Global Centre for Healthy Workplaces

  • Ex-Presidente mais recente e membro do conselho da  International Association of Worksite Health Promotion (IAWHP)

  • Diretor do IIHP - Internacional Institute for Health Promotion

Veja mais informaçoes em https://www.cph.com.br/certificacao-internacional

24/01/2018

Empresas rotineiramente perguntam “o que podemos fazer para conter as despesas com saúde?“. A típica ação é aumentar o custo para o empregado elevando deduções e/ou aumentando a contribuição. Ambas as opções significam uma coisa: “menos por mais”.

O aumento do premio não afeta somente o bottom line, mas tem efeito em toda a operação do negócio: menos dinheiro para aumento de salários, menos dinheiro para atrair bons profissionais, menos dinheiro para pesquisas e desenvolvimento. Os custos crescentes, sempre maiores que a inflação, tem sido um dilema para os empregadores.

Integrar o conceito de promoção de saúde e engajar a área no desenvolvimento e suporte da gestão de saúde diminui custos e utilização dos planos, aumentando a qualidade de vida e a produtividade. Sabemos hoje que o estilo de vida é a primeira causa das doenças crônicas, englobando 80% das doenças cardíacas, AVC e Diabetes tipo II, representando 75% do total de custos médicos. Esse quadro é bem conhecido e há tempos perma...

19/12/2017

Nosso gasto energético no dia a dia não é adequado como deveria. Passamos mais de 70% de nosso tempo ativo sentados na frente de uma mesa, de um computador, da TV e dirigindo, com repercussões negativas na saúde e na energia vital. A alegação, apesar das facilidades tecnológicas, é a falta de tempo. Não é atrativo chegar em casa, se trocar, sair para uma caminhada, uma corrida em um parque ou academia. O tempo gasto no trânsito também é relevante e dificulta esse tipo de ação no dia a dia. 

Uma solução para quem mora em apartamento é a escada. Um local seguro, sem chuva ou sol, bem perto de casa, que, além de ser uma ótima opção para condicionamento físico, é possível para a maioria das pessoas. Alguns podem achar a atividade enfadonha, mas o ganho por unidade de tempo é um dos mais altos no campo da atividade física. Por um lado a tecnologia nos oferece conforto, poupando-nos de certos trabalhos braçais e grandes esforços por outro não permite que o condicionamento físic...

Please reload

Destaques

A PONTE ENTRE A ASSISTÊNCIA MÉDICA E A EDUCAÇÃO PESSOAL EM SAÙDE

02/08/2020

1/8
Please reload

Arquivos
Please reload

Acompanhe
  • Grey LinkedIn Icon
  • Cinzento Ícone Google+
  • Grey YouTube Icon

São Paulo - Brasil contato@cph.com.br

  • White LinkedIn Icon
  • White YouTube Icon
  • Branco Ícone Google+