DAR UM TEMPO PRESERVA A SAÚDE E MANTÉM A PRODUTIVIDADE


Continue produtivo e preserve a saúde - Intervalos frequentes durante o trabalho ajudam a recarregar as baterias e sair da frente do computador e desligar-se do celular parecem ser as melhores atitudes. Muitas vezes não é possível, mas a boa notícia é que otimizar os intervalos pode melhorar a produtividade e a qualidade do trabalho.


Nesse momento de trabalho virtual agitado por um fluxo constante de video-calls e e-mails, o trabalho pode deixar qualquer um embaralhado ao menos que faça um break periódico e regenerativo. Em vez de pensarmos em quanto trabalho podemos executar em 8 horas, o certo não seria pensar quanto podemos executar em 90 minutos? Nosso corpo e mente precisam de pausas para entrar em equilíbrio e produzir as substâncias químicas necessárias a novas idéias e pensamentos. Do contrário, tudo o que estaremos fazendo é rearranjar e reciclar os mesmos pensamentos e idéias.


Nosso ritmo biológico é formado por ciclos e um deles é conhecido como ciclo ultradiano (entre 90 e 120 minutos, nossa mente e corpo nos dá sinais de que precisa descansar e mudar a atividade mental e física. Sempre tem aqueles momentos em que a concentração cai, a produtividade se vai e sua mente começa a divagar. São justamente os momentos depois dos 120 minutos. Ignorar estes sinais nos leva à fadiga, stress e outros sintomas físicos e psicossomáticos. Intervalos curtos a cada 2 horas estabilizam a energia (física, mental, emocional e espiritual) podendo ser sistematicamente expandida e renovada após esses intervalos.


Durante o ciclo ultradiano, o corpo lentamente passa de um estado de alta energia para um declínio energético e no fim de cada ciclo pede por um período de recuperação onde sinais incluem inquietação e dificuldade de concentração aos quais a maioria ignora e continua trabalhando. Isso faz com que nossa capacidade energética diminua conforme o dia passa. Esses intervalos intermitentes resultam em desempenho mais elevado e sustentável permitindo se desligar e mudar de canal (não significa se desconectar). Isso já é incentivado por lei em alguns países, como na Inglaterra, ainda dentro da rotina tradicional de trabalho de 8 horas existente desde a Revolução Industrial.


Um artigo no The Journal of Applied Psychology diz que “energia, motivação e concentração profissionais são como baterias que periodicamente precisam ser recarregadas”. O importante é sair da frente da tela ou de perto do celular pois só assim os benefícios são válidos. Pesquisas mostram que movimentar o corpo por 2 minutos tem impacto significativo nos níveis de energia sem reduzir a produtividade.


Outro ponto importante é se conectar com outras pessoas para minimizar a sensação de isolamento. Ter diferentes desafios para o cérebro nesse momento é bastante positivo, melhorando a velocidade de processamento mental, tempo de reação e memória além da capacidade de solucionar problemas.

Não existem regras durante esses intervalos e o ponto é recarregar as baterias biológicas como normalmente recarregamos o celular e outros dispositivos. Parece não ser difícil.


GO AHEAD

Destaques
Arquivo
Acompanhe
  • Grey LinkedIn Icon
  • Cinzento Ícone Google+
  • Grey YouTube Icon