INSIGHTS DO BENCHMARKING EM EMPRESAS MULTINACIONAIS - Parte II


GRUPO SAÚDE CORPORATIVA



ORGANIZAÇÕES VISITADAS



1 - JOHNSON & JOHNSON – NEW BRUNSWICK

Johnson & Johnson acredita que a boa saúde é o alicerce de uma vida intensa e dinâmica, uma comunidade próspera e em progresso. Há mais de 130 anos é orientada para a manutenção de pessoas saudáveis em todas as idades e estágios de vida. Comprometida a usar sua marca para melhorar a saúde no mundo. Diariamente seus mais de 130 mil empregados em todo o mundo estão atentos a contribuir na trajetória da saúde para a humanidade.


Está determinada a ter os empregados mais saudáveis no mundo. Foi a pioneira na oferta de programas de promoção de saúde aos empregados, através do programa Live for Live, o qual influenciou centenas de companhias nesse caminho. Há mais de 100 anos quebrando paradigmas, ofereceu programas de bem-estar aos empregados em New Brunswick. Conheci de perto o Live for Life, que através da educação estimulou modificações de comportamento na área física e mental. Seu objetivo para essa década é fazer com que seus empregados tenham ótima saúde e bem-estar.

As instalações em New Bruswick são atraentes, com muito espaço verde e transmitem bem-estar. No dia da visita houve um treinamento de incêndio e tivemos que deixar o prédio o que infelizmente encurtou a visita.

Os números relacionados a obesidade, hipertensão, diabetes e outros riscos de saúde são inferiores a média nacional americana assim como seus custos médicos. Seu empregado tem acesso a um treinamento chamado Energy for Performance (E4P) onde aprendem a identificar e a priorizar os mais significativos componentes de suas vidas além de participarem de seminários que estimulam a energia pessoal, sempre com foco na gestão da energia que propicia resiliência e satisfação na vida (mais de 60 mil empregados participam).


Um aplicativo “Health & Me” permite aos empregados acesso direto ao seu arquivo de saúde (colesterol pressão arterial, etc) e atividades como número de passos, nutrição, sono, etc., além de encorajá-los a responder um questionário sobre estilo de vida, incentivado com deduções significantes em seu seguro saúde.


A fundação Robert Wood originaria do fundador da companhia é ativa em capacitação e manutenção da boa saúde e desenvolve pesquisas nessa área, através de parceiras como a HERO, modelo que poderia ser pensado em nosso país através da ABQV.


Alguns colegas americanos como Jennifer Bruno e Ron Goetzel desenvolveram estudos sobre o impacto a longo prazo dos programas de saúde e bem-estar da J &J nos riscos de saúde dos empregados. Fikry Isaac, também pioneiro na área, hoje V.P. de Saude Global mostra que o ROI em saúde é de 1 para 4. Poderia falar muito mais sobre as ações de saúde dessa companhia, mas o espaço é curto. Nesse cenário global a J&J também se mostra uma empresa de ponta com o desenvolvimento da vacina para a COVID -19.


2 - KELLOGG'S - BATTLE CREEK

Kellogg's, uma companhia multinacional fabricante de alimentos com sede em Battle Creek, Michigan, que produz cereais e alimentos de conveniência. Sua missão é -"nutrir famílias para que possam evoluir e prosperar". Estão em mais de 130 países. Fundada há mais de 100 anos com a crença de nutrição saudável e dedicação ao bem-estar.

Reconhecida pela American Heart Association como uma companhia saudável que contribui para que seus empregados se alimentem melhor e não sejam sedentários. Atividade física e bem-estar são prioridades e estão comprometidos em oferecer o melhor ambiente de trabalho possível para o benefício da saúde e produtividade de seus empregados e assim conseguir resultados positivos para o negócio.


Itens relevantes:

  • Opções de atividade física no trabalho

  • Opções de nutrição saudável no trabalho

  • Promoção de uma cultura de bem-estar

  • Demonstração de resultados mensuráveis de seu programa de bem-estar

O programa chama-se Feeling Gr-r-reat – e inclui uma variedade de ações que contribuem para minimizar riscos de saúde e estimular a vida ativa (HRA, coaching, desafios e vacinação gratuita para empregados e familiares).


3 - UNILEVER - ALEMANHA

Modelo de abordagem inovador em saúde organizacional, envolvendo a gestão da saúde orientada para a qualidade. Investimentos em:

  • Motivação para o trabalho

  • Sensação de bem estar

  • Prevenção de doenças relacionadas ao trabalho

  • Prevenção de acidentes

Componentes Fundamentais

  • avaliação da população saudável e dos riscos presentes

  • doenças do sistema musculoesquelético

  • doenças relacionadas ao stress sociopsicológico

O apoio total à saúde, bem-estar e senso de propósito para os empregados foi uma oportunidade na qual tive a honra de conduzir um treinamento em promoção de saúde para todos os gestores de saúde da América Latina. Uma experiência interessantíssima e que mostrou o interesse da companhia pelo tema..


4 - XEROX – ROCHESTER – CONDADO DE MONROE - NY

Uma frase que chamou a atenção: “Existem consequências relacionadas ao bem-estar dos empregados que vão além do engajamento”.

Para a Xerox, bem-estar é o conjunto das saúdes física, mental e financeira que podem causar impacto negativo na produtividade.

Seu objetivo de investir em saúde e bem-estar é impulsionar o engajamento e o nível de motivação dos empregados. Entretanto essas inciativas também trouxeram uma forte ligação com a produtividade. Um dos efeitos foi a redução da taxa de absenteísmo por doenças.

Empregados saudáveis e produtivos representam a força vital da companhia e trazem reconhecido retorno do investimento. Tem forte apoio da liderança e o foco é na prevenção.

Uma ação que chamou a atenção foi o sistema de concierge em Rochester, cidade que praticamente tinha uma boa parte da população representada pelos empregados XEROX. A companhia mapeou uma variedade de serviços usados no dia a dia dos empregados e familiares, onde descontos eram oferecidos através da identificação como empregado ou parte da família Xerox. Esses descontos estavam se situavam entre 10 a 30% dos preços cobrados para o público normal. Após um ano, fizeram uma avaliação onde constataram que em média a economia foi de $20 dólares por compra (farmácia, livraria, oficina mecânica, lojas de conveniência, etc). Cada família usou entre 16 a 25 vezes esses serviços com uma economia aproximada de 500 dólares por família ($ que ficou no bolso do empregado). Um gol da área de RH que aumentou o engajamento e motivação dos empregados.

Destaques
Arquivo
Acompanhe
  • Grey LinkedIn Icon
  • Cinzento Ícone Google+
  • Grey YouTube Icon

São Paulo - Brasil contato@cph.com.br

  • White LinkedIn Icon
  • White YouTube Icon
  • Branco Ícone Google+