SAÚDE CORPORATIVA - O PAPEL DA ENFERMAGEM


O conceito da promoção de saúde pela sua própria natureza agrega em seu conteúdo muitas disciplinas. Além de atender comportamentos não saudáveis, que apresentam implicações nutricionais, fisiológicas, psicológicas e sociais atingem outros segmentos que tem como objetivo a melhora do ser humano. Esse é um argumento atraente para a área de enfermagem sinalizando um potencial enorme para o desenvolvimento do conceito, pois possuem o conhecimento necessário para o suporte de ações propostas em promoção de saúde.


Quando se discute o papel da enfermagem, é importante saber que a promoção da saúde é a manutenção ou melhoria dos níveis existentes de saúde, através da implementação e gestão de programas, serviços e políticas efetivas. O foco primário é a melhoria da saúde, o qual obviamente tem efeito na prevenção de doenças.

Sumarizando, promoção de saúde está relacionada à saúde e a sua melhora, atingindo grande parte da população que em tese, se encontra “saudável”. O objetivo é tornar a pessoa cada vez mais saudável e resistente a qualquer tipo de agente agressor. Prevenção de doenças, como o próprio nome mostra está ligado ao campo das doenças e atua de forma a prevenir que certas doenças se instalem ou se desenvolvam. Aqui sabemos contra qual inimigo devemos estar preparados para lutar (ex: prevenção da AIDS, da cólera, da dengue, etc); na promoção estamos tão bem preparados, que temos condições de lutar contra qualquer tipo de inimigo.


Como profissão, a enfermagem tem a orientação na direção da promoção da saúde e na prevenção de doenças, desde o seu começo. Entretanto uma serie de forças na sociedade tem induzido o foco mais para o cuidado à doença do que para a saúde. Já em 1800, Nightindale reconhecia a relação entre a saúde do individuo, o meio ambiente e o status nutricional. A enfermagem deve ser vista como o processo de auxiliar os indivíduos a ultrapassar a doença e conseguir uma melhor condição de bem-estar, facilitando seu caminho em direção a um ótimo estado de saúde. O Conselho Internacional de Enfermagem define uma enfermeira como a pessoas qualificada e autorizada a fornecer serviços competentes na promoção da saúde, na prevenção de doenças, na assistência ao doente e na reabilitação.


As enfermeiras estão numa posição ideal para promover a saúde de pessoas, famílias e comunidade. Seu conhecimento e sua proximidade com os clientes, proporcionam uma oportunidade única para isso.

Um dos pontos interessantes em visitas a empresas durante diversos Study Tours de benchmarking foi constatar o papel de enfermeiros (as) como educadores para populações tanto em comunidades quanto em hospitais e corporações. Isso é muito comum na EU e US, onde quase não se percebe a presença do médico ocupacional.


Existe pouca literatura com foco nos aspectos práticos da promoção de saúde pela enfermagem. Normalmente os textos seguem tipicamente o modelo de doença com foco no diagnóstico, tratamento e recuperação. O campo da promoção da saúde mais focado em indivíduos aparentemente saudáveis não tem ainda uma ligação direta com as atividades da enfermagem. Tanto as ações em promoção quanto em proteção da saúde caminham para se se tornarem intervenções essenciais de enfermagem no plano assistencial.


TORNANDO O PROCESSO OPERACIONAL


Na área corporativa, sempre preocupada com os custos progressivos da assistência médica o interesse em programas de saúde existe. Expandir o escopo dos enfermeiros(as) ocupacionais parece ser um bom investimento para a contenção de custos associados a doenças e absenteísmo. Além das responsabilidades tradicionais na segurança, podem se ocupar dos empregados de risco e no estilo de vida dessa população. Entender que o estado de saúde do empregado tem relação com o estilo de vida, com o meio ambiente, capacidade funcional, desempenho e produtividade é a essência da prática da enfermagem ocupacional. Isso fortalece a compreensão e a aceitação por médicos e usuários.


Os fatores motivacionais para o seguir a carreira de enfermagem além do mercado de trabalho são inúmeros. Cuidar de outros talvez seja o principal e, o engajamento com o propósito de melhor atenção ao paciente pode ser o caminho de mudanças significativas. Enfermagem pode ter maior envolvimento, pondo foco nos pacientes e em seus desconfortos, superando todas as outras questões.


O ganho de respeito através de comentários positivos por parte dos pacientes é um ponto relevante pois representa uma assistência de qualidade apreciada tanto por pacientes quanto por médicos. Cria consistência e interação profissional, passo essencial para que o tratamento oferecido pelo time seja mais efetivo.


Chegar a uma definição mais clara sobre o papel da enfermagem na promoção de saúde pode contribuir para que a profissão identifique o conhecimento e habilidades necessários para assumir o papel nesse campo crescente da especialidade. Fornecer cuidados num contexto social que tem ênfase primária em saúde e não na doença é um excitante desafio á profissão. Certamente terá um lugar definitivo no setor se as respostas a esse desafio forem enxergar saúde em seu mais amplo sentido e abraçar a promoção da saúde na prática do dia a dia. GO AHEAD.

Destaques
Arquivo
Acompanhe
  • Grey LinkedIn Icon
  • Cinzento Ícone Google+
  • Grey YouTube Icon